top of page

Cães sentem frio? Como saber?

Com a baixa de temperaturas em Portugal as opiniões das famílias dividem-se.

Temos quem defenda que o manto de pelo que cobre a pele dos cães é suficiente para aquece-los, por outro lado, há quem defenda que os cães sentem frio, tal como os humanos.


E se os perguntássemos?

Neste artigo vamos ajuda-los a interpretar as suas respostas, pois na verdade não utilizam a mesma linguagem que nós seres humanos.

Porém, adotando alguns comportamentos específicos os cães expressam na perfeição as suas necessidades e essa é a nossa especialidade - ajuda-lo a interpretar comportamento do seu cão.




Temos uma pequena cabula para si, que o ajudará a desvendar se o seu melhor amigo lhe quer transmitir que sente frio - um parenteses: em primeiro lugar deve certificar-se sempre que o seu cão é totalmente saudável, pois os comportamentos que descrevemos infra podem igualmente ser indicadores de algum desconforto físico ou dor.


Cães que demonstram atividade anormalmente elevada

Se nota que o seu cão com descida de temperaturas está mais ativo, irrequieto, pede atenção com mais frequência, brinca por mais tempo sem parar, e não consegue dormir as suas cestas habituais - é muito provável que sinta frio. E em contraste temos


Cães que ficam muito parados enroladinhos como um círculo perfeito

Frio implica um desgaste energético maior do organismo para o mesmo se manter com a temperatura ideal, que no caso dos cães é de 38º-39º.

Por isso, muitos deles optam por manter-se imóveis, enrolados sobre o próprio corpo.

Havendo, de facto esse gasto energético maior, podemos assistir aos comportamentos de


Maior procura por comida

É verdade, a muitos humanos lhes acontece o mesmo: o inverno pede comidinha de conforto, mais saciante, com maior aporte calórico ao organismo.

Não se espantem se os vossos cães pedirem mais comidinha do que o habitual e podem oferecer lhes snacks de legumes crus ou cozidos, algo para roer e ajudarem nos a sentir-se mais saciados e relaxados entre as refeições principais.

A fome e a necessidade de se aquecerem muitas vezes leva os nossos cães a


Comportamentos destrutivos

Se notar que o patinhas la de casa "explode" as camas no inverno, cava no sofá ou puxa os edredons da sua cama pode ser um indicador que o mesmo sente frio.



Usarem locais pouco habituais para passar tempo

Os cães estudam nos diariamente - a nossa missão na Cute Pet's World é capacitar os humanos a compreende-los, pois sabemos que a partir desse momento tudo fluirá de forma muito mais harmoniosa em família.

Se nós aquecemos mais os locais da casa como cozinha ou casa de banho em determinados horários do dia é perfeitamente natural que os cães queiram usar mais estas divisões da casa no caso de sentirem frio.


Aumentam sensibilidade ao toque

Sobretudo cães que não são grandes fãs de festinhas ou que, por alguma razão, têm uma associação pouco agradável ao serem manipulados, com o seu corpo mais arrefecido, podem sentir mais desconforto ao serem tocados e mostrar esse desagrado com afastamento ou rosnando. Porém sempre há quem seja do contra e


Procure mais toque, massagens, festas, rebola nos tapetes ou sofás

Quem nunca esfregou a parte do corpo onde sentia frio de forma mais vigorosa e aqueceu-a em consequência? Ou a velha máxima: encostadinhos mais quentinhos.

Pois os cães usam a mesma estratégia e se puderem ter um massagista ou aquecedor preferido ao seu serviço também pedirão esse serviço personalizado aos seus humanos preferidos ou dormirão mais juntinhos a nós ou os seus companheiros de quatro patas.




O que podemos fazer?

Prestem especial atenção a fachas etárias mais predispostas a sentirem diferenças de temperatura: cães até 4 meses de idade e a partir de 7 anos.


Cães de caça, por exemplo: galgos, podengos, bracos alemães de pelo curto, perdigueiros, teckels...têm o metabolismo mais lento com objetivo de armazenarem energia e poder utiliza-la na caça (mesmo que hoje em dia já não cacem o seu corpo mantem a predisposição funcional), e como tal arrefecem mais rapidamente e sentem as diferenças de temperatura de forma mais acentuada.


Utilizarmos aquecedores, lareiras, casacos - há cães que gostam mesmo de ter algo a cobrir lhes o corpo, providenciar espaços climatizados é demonstrar amor, carinho e cuidado.

Os cães fazem-no por nós diariamente.


Se este artigo foi útil para a vossa família partilhem no com a sua comunidade.

Será um excelente contributo para o nosso trabalho.








89 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

E chegou o dia…trouxemos o nosso cão para casa!

Não cabemos nem no nosso próprio corpo de tanta emoção. E agora? Chegou também a hora de fazer uma adaptação perfeita (ou pelo menos a melhor que sabemos e conseguimos). Certifiquem-se de que a vossa

Comments


bottom of page